Prefeitura Municipal

Taquaruçu do Sul-RS







AÇÕES PELO DIA MUNDIAL DA SAÚDE MENTAL SÃO REALIZADAS NO MUNICÍPIO Enviar por e-mail  Imprimir esta notícia Receber por RSS
16/10/2013 18:52:41


Veja as fotos

No dia 10 de outubro comemora-se o Dia Mundial da Saúde Mental. Para lembrar a data, o município de Taquaruçu do Sul realizou, desde a primeira semana de outubro, diversas ações estratégicas de prevenção e promoção à vida, voltadas ao tema Saúde Mental, sendo que o ápice da programação foi o I Encontro Municipal de Saúde Mental, com a temática “Não Quebre a Cabeça! Busque Ajuda!”.
Neste primeiro evento direcionado a população em geral, os participantes tiveram a oportunidade de ouvir profissionais da área (assistente social, farmacêutico, psicólogo e psiquiatra), bem como, tirar dúvidas sobre os principais transtornos mentais e comportamentais que vem crescendo a cada ano e não é uma preocupação apenas do município, mas uma preocupação global.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças e transtornos mentais afetam mais de 400 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, a estimativa é de que mais de 23 milhões de pessoas passem por tais problemas, ou seja, 12% da população brasileira estão doentes, sendo que 6% desta população apresentam transtornos mentais graves, decorrentes do uso e abuso de álcool e outras drogas. Ao menos 5 milhões em níveis de sofrimento moderado a grave, que necessitam de algum tipo de atendimento em saúde mental, seja contínuo ou eventual.Ainda de acordo com este órgão entre 75% e 85% das pessoas que sofrem desses males não têm acesso a tratamento adequado.
Segundo Izabel Paterno Argenta, Coordenadora Municipal de Saúde Mental, o que sua equipe buscou neste I Encontro Municipal de Saúde Mental foi mostrar resultados de uma caminhada de quase seis anos de implantação da rede de assistência psicossocial no município, quando em janeiro de 2008, diante da responsabilidade municipal com a Lei nº 10.216/01, a Secretaria Municipal de Saúde e o Hospital São Roque se uniram para implantar o NAPSE – Núcleo de Atenção Psicossocial e Espiritual, destinada a atender “pessoas e famílias em sofrimento mental” que adoecem em função do ambiente, do histórico familiar e de outros fatores, decorrentes do uso de substâncias psicoativas (drogas lícitas e ilícitas).
Através de uma programação desenvolvida com a finalidade de que todos pudessem participar e se expressar (dinâmica interativa, músicas e vídeos alusivos a data), neste I Encontro Municipal, houve palestras com o tema: “Saúde Mental: Uma preocupação social”, proferida pelo médico psiquiatra Luiz Henrique Westphalen, que interagiu o tempo todo com os participantes, focando a importância das ações preventivas no âmbito da saúde publica, enfatizando “a preocupação com a saúde mental dos homens que não buscam a prevenção das doenças mentais, que na maioria dos casos quando o fazem é sobre pressão familiar, quando já estão doentes”. A programação seguiu com uma palestra do Secretário Municipal de Saúde Jair Antônio Zancan que falou sobre a “Automedicação: Um risco de vida”.
Zancan destacou ainda que “este I Encontro Municipal de Saúde Mental, foi de extrema importância para o município, que além de se mobilizar numa extensa programação alusiva ao Dia Mundial da Saúde Mental, atingiu o objetivo principal das equipes de saúde ESF, ACS, NAPSE e NAAB, de sair um pouco da rotina de atendimentos ambulatorial, individual, grupal e domiciliar, ações que são realizadas diariamente na Unidade Básica de Saúde, e sensibilizar a população para a prevenção dos sintomas que tanto sofrimento causam as famílias como a depressão o alcoolismo e outras drogas”.
Segundo Angela Bassani Albarello, psicóloga da rede NAPSE e NAAB, “a parceria da saúde e escolas é solidificada pela preocupação de ambas com a promoção da saúde mental das crianças e adolescentes, pois este são dois segmentos que emitem para a sociedade os sinais de alerta de como está a Saúde Mental de uma determinada população”.
Os programas da saúde NAPSE, NAAB, ESF e ACS, em parceria com as Escolas Municipal e Estadual, Rádio Comunitária Taquaruçu FM, Polícia Civil, Brigada Militar, Conselho Tutelar, PIM, SMEC, desenvolveram as seguintes estratégias divididas por segmentos, mobilizando assim toda a população e se colocando à disposição quando necessário. A programação foi dividida em seis momentos, objetivando atingir os segmentos que mais merecem atenção:
• 03/10/2013 (tarde) – Palestra sobre o tema: “Família um Projeto de Vida”, ministrada por Neide Mior, coordenadora da Comunidade Terapêutica Feminina de Frederico Westphalen, e sua equipe, direcionada aos participantes das atividades semanais de grupo terapia;
• 08/10/2013 (manhã) – Programa na Rádio Comunitária promovida pela equipe de saúde mental - NAPSE e NAAB;
• 09/10/2013 (noite) – palestra proferida pela equipe do NAPSE e NAAB e pelo inspetor da Polícia Civil e professor da URI Jean Minuzzi, direcionada aos pais de alunos da Escola Municipal Afonso Balestrin com o tema “A Relação dos Pais com a Escola Vista como Espaço de Prevenção e Proteção à Vida”;
• 10/10/13 (manhã) – Pedágio educativo nos comércios, escolas, bancos, trevos de acesso ao município e na Praça Mons. Albino Busatto, visando fortalecer a campanha “DROGAS, OPÇÃO DE PERDEDOR! CAIA FORA DESSA!;
• 10/10/13 (tarde) – realização do I Encontro Municipal de Saúde Mental, aberto a população em geral;
• 17/10/13 (noite) - palestra proferida pela equipe do NAPSE e NAAB aos pais de alunos da Escola Estadual Jose Zanatta com o tema: “A relação dos pais com a escola vista como espaço de prevenção e proteção a vida”.
Izabel salienta que através desta programação o município conseguiu atingir seus objetivos, não só pelo público que aderiu às programações alusivas à data, mas principalmente pela mobilização das equipes de saúde e entidades parceiras, conseguindo, ainda, aproximar a comunidade das questões que envolvem o sofrimento mental.
“Temos certeza de que com estas ações, estamos gradativamente conseguindo reduzir atitudes preconceituosas, minimizar estigmas, reduzir o número de óbitos por suicídio, medicação e casos de violência intrafamiliar e assim promover a saúde mental daqueles que buscam a prevenção e o tratamento para os sofrimentos mentais que afetam pessoas e famílias em nosso município”, finaliza.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Prefeitura Municipal de Taquaruçu do Sul - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização.

 AO VIVO - As principais notícias da sua cidade
  01/11/13 - TAQUARUÇU DO SUL REALIZA I SEMINÁRIO DE DEBATE SOBRE SUCESSÃO RURAL
  17/10/13 - PARÓQUIA SÃO ROQUE ORGANIZA FESTIVAL DO CHOPP
  16/10/13 - ESCOLA ESTADUAL JOSÉ ZANATTA DESENVOLVE DIVERSAS ATIVIDADES
  16/10/13 - AÇÕES PELO DIA MUNDIAL DA SAÚDE MENTAL SÃO REALIZADAS NO MUNICÍPIO
  15/10/13 - PROFESSORES PARTICIPAM DE OFICINA PEDAGÓGICA
 ARQUIVO - Acesse todas as notícias


Taquaruçu do Sul,
Busca

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba boletins informativos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.


Total de visitantes
8
5
0
4
2